Hotel em Paris 8 : Arte e Escritura

Verdadeiro parêntesis fora do tempo, o Pavillon des Lettres conjuga a arte da escrita com a estética da decoração para homenagear os talentos conhecidos e escondidos da literatura francesa e internacional.

A história, a de um encontro com um decorador fora do comum, Didier Benderli. Conversa com um apaixonado...

Didier Benderli resume o seu projecto como a aliança das artes: conjugar a literatura, a pintura e a escultura para criar um diálogo sutil entre as suas componentes.

Jogos de cores e materiais, o conceito opõe matérias brutas e matérias sedosas e sensuais que permitem criar sensações físicas em complemento ao prazer intelectual da leitura.

Hotel de luxo em Paris

O Pavillon des Lettres...
O 1º hotel literário parisiense!

À imagem das 26 letras do alfabeto, os 26 quartos e suites do Pavillon des Lettres revelam a beleza e a poesia de diferentes autores.

Por detrás de cada porta, esconde-se a alma de um poeta, de um escritor, de um apaixonado, de um génio que saberá dar um toque especial ao ambiente. O porque o sono se alimenta de imagens bonitas, o fio condutor destes textos vai ser retirado do imaginário da noite, do sonho e da poesia.

Chambre Pavillon des Lettres

Hans Christian Andersen | Charles Baudelaire Pedro Calderon | Denis Diderot  Eschyle | Gustave Flaubert | Johann Wolfgang von Goethe | Victor Hugo | Henrik Ibsen | Henry James | Franz Kafka | Jean de La Fontaine | Alfred de Musset | Gérard de Nerval | Ovide | Marcel Proust | José Maria Eça de Queiroz | Jean-Jacques Rousseau | William Shakespeare | Léon Tolstoi | Honoré d’Urfé | Voltaire | Virginia Woolf | Xenophon | William Butler Yeats | Emile Zola

   A galeria de fotos